Celso de Mello quer saber de Aras se diligências pedidas são do interesse da investigação




Conversa de Primeira - Justiça e Cidadania - Wálter Maierovitch show

Summary: Wálter Maierovitch analisa a decisão do ministro do STF, Celso de Mello, de enviar à PGR pedidos de depoimento e apreensão do celular de Bolsonaro. Maierovitch explica que Celso de Mello se coloca em posição de isenção e abre oportunidade para Aras se manifestar para decidir. 'A postura do procurador Aras é mais de advogado de Bolsonaro do que a própria função dele, que é de advogar para a sociedade'.